Allmark | Registro de marcas e patentes

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O que a mudança na marca Nubank tem a nos dizer?

Empresas disruptivas como o Nubank estão sempre nos mostrando um novo modo de ver as coisas e de agir, rompendo paradigmas e medos, e ensinado a sermos fieis aos nossos ideias


Comentamos sempre aqui na Allmark que estamos vivendo um novo tempo – A ERA DO SER – e, muitas vezes, as pessoas podem não acreditar ou não avaliar a extensão do que isso significa.

Pois bem, recentemente o Nubank, uma das 50 empresas mais inovadoras do mundo, anunciou mudanças em sua marca. A questão é: por que uma empresa tão nova, com apenas oito anos de mercado, já estaria fazendo mudanças na própria marca, senão, para manter-se fiel ao seu propósito?

Em nota, a empresa afirma estar seguindo sua natureza inquieta e transferindo para sua identidade visual o amadurecimento conquistado neste período.

“Nascemos da inquietação com o sistema financeiro burocrático, cheio de tarifas absurdas e com péssimo atendimento, acreditando que podíamos mudar as regras do jogo. Fizemos isso olhando para quem estava por trás dos números – ou seja, entendendo as necessidades reais das pessoas e traduzindo elas em produtos fáceis de usar, sem cobranças abusivas e com uma equipe de atendimento incrível. Chegou a hora da nossa marca evoluir e refletir nossa jornada, nosso amadurecimento, e o tanto de coisa nova que ainda vem pela frente.”

A própria criação do Nubank pode ser considerada uma ação dentro deste movimento de ousadia, a que sempre nos referimos na Allmark, e que identificamos nas pessoas, nos negócios e no mundo — A OUSADIA DE SER QUEM SOMOS.

O Nubank é uma empresa em constante mudança, conectada a um propósito humano, e sua atitude apenas reforça como estamos todos na direção de ser cada vez mais conectados ao que é essencial para nós.

MUDANÇA NO LOGO DO NUBANK

O logo do Nubank marcou a história da empresa e virou um símbolo de possibilidades de uma vida melhor, com relações mais justas e humanas entre pessoas e empresas.

É uma concepção profunda, que marca uma nova era nos modelos de negócios.

Observe como a empresa justifica as alterações em sua logomarca:

“As curvas que formam o “nu” ficaram mais suaves e menos quadradas, trazendo nosso lado humano. A fluidez também mudou um pouco – é como se fossem duas fitas viradas, representando um movimento que não para nunca, do mesmo jeito que a gente não para de evoluir. Além disso, o preenchimento deu às letras um peso maior, deixando a leitura mais acessível e representando um amadurecimento dos produtos. Tudo isso traduzindo aquilo que mais importa: a nossa proximidade com as pessoas.”

Falando em lado humano, em evolução constante, em proximidade com as pessoas, o Nubank apenas reafirma sua condição de empresa altamente conectada ao essencial, totalmente fiel à sua essência: que é ser acessível.

Sem dúvida, um modelo a ser seguido por quem pretende se manter em destaque neste novo tempo – A ERA DO SER.

Já pensou sobre sua marca? Se ela está conectada ao seu propósito, se sua identidade está alinhada com sua essência?

Allmark – conectando pessoas e empresas em um novo tempo

Busque um artigo

Leia também